Chá de gengibre: ideal para quem quer manter a saúde e o peso em dia

Emagrecimento | Atualizado em 13 setembro 2019

O gengibre é uma raiz muito popular e consumida na culinária, conhecida por seu sabor único e picante. Mas você já ouviu falar nas propriedades que o tornam um excelente remédio natural? Esse alimento traz diversos benefícios para a saúde, que você deve conhecer agora mesmo para incluí-lo nas suas refeições do dia a dia. 

O chá de gengibre é uma das opções mais famosas e práticas para quem quer aproveitar todas as vantagens dessa raiz. De fácil preparação, é uma bebida que pode estar presente na sua rotina para ajudar a prevenir e combater doenças e até mesmo ajudar a emagrecer, de uma olhada sobre isso no blog todasaudavel

Venha saber mais sobre o chá de gengibre, sua origem, nutrientes e preparação. Também vou te contar sobre as contraindicações dessa bebida e a dose diária recomendada para quem quer ficar só com os pontos positivos do consumo desse chá. Vamos lá? 

O que é e para que serve o chá de gengibre?

Você provavelmente já ouviu falar sobre o gengibre, assim como já deve ter uma opinião formada sobre esse alimento. A raiz tuberculosa que é nativa da Ásia é usada tanto na culinária quanto na medicina, mas seu sabor um tanto picante e doce não agrada a todos os paladares. Apesar disso, todo mundo deveria dar uma chance aos benefícios desse ingrediente para a saúde. 

É a partir da infusão dos pedaços dessa raiz que se obtém o chá de gengibre. Os benefícios desta bebida são diversos, já que ele possui ação bactericida, fungicida, antioxidante, antisséptica e até anti-inflamatória. Para aliviar náuseas, ajudar na digestão e combater doenças de garganta e respiratória, o chá de gengibre também é indicado. 

O gengibre é considerado um alimento da categoria termogênica, junto àqueles que aceleram o metabolismo, aumentam a temperatura corporal e ajudam quem deseja emagrecer. Mas vale lembrar que essa última vantagem só pode ser adquirida quanto conciliada à prática de exercícios e uma dieta saudável. 

É possível encontrar o ingrediente gengibre à venda em mercados. Ele é oferecido em diversas formas: em natura, conserva, cápsula, cristal e até pó. Para a produção do chá é recomendada a utilização da raíz pura. Procure por uma que esteja íntegra e fresca, com a casca mais lisa e sem furos. Se certifique também de que ela não está murcha ou mofada. Internamente, o gengibre deve estar pouco fibroso e amarelado. 

O chá de gengibre pode servir para fins estéticos, gastronômicos e até medicinais. Ele fortalece o organismo, ajuda a emagrecer e dá sabor às refeições.Conheça, a seguir, ainda mais sobre seus nutrientes e benefícios para o corpo. 

Gengibre: nutrientes e benefícios à saúde

São muitos os nutrientes encontrados no gengibre. Esse alimento é rico em cobre e vitaminas dos tipos A, B, C e D. Além disso, sais minerais como o potássio, selênio, zinco e magnésio também estão entre suas propriedades. Quando se trata especificamente do chá, os benefícios vinculam-se à liberação dos óleos essenciais que fazem parte de sua composição, como o timol, carvacrol e eugenol. 

São esses óleos os responsáveis pela tão famosa ação anti-inflamatória do chá de gengibre. Em alguns estudos realizados com animais, foi possível constatar que essa bebida pode ajudar até mesmo a reduzir as inflamações das articulações relacionadas à artrite. Veja em detalhes as informações nutricionais do gengibre. 

Nutrientes Gengibre (100 g)
Proteínas 1,82 g
Lipídios totais  0,75 g
Carboidratos 17,77 g 
Fibras 2 g
Cálcio 16 mg
Ferro  0,6 mg
Magnésio  43 mg
Fósforo 34 mg
Potássio  415 mg
Sódio 13 mg
Zinco 0,34 mg
Cobre 0,22 mg
Manganês 0,22 mg
Selênio  0,7 mcg
Vitamina C 5 mg
Tiamina 0,025 mg
Riboflavina 0,034 mg
Niacina 0,75 mg
Vitamina B6 0,16 mg

9 benefícios do chá de gengibre

Ajuda a perder peso

Por ser um alimento termogênico, o chá de gengibre é um grande aliado de quem deseja emagrecer. Por acelerar o metabolismo e aumentar a temperatura corporal, o chá acabar ajudando o organismo a perder peso. Mas não adianta apenas tomar o chá e esperar que o milagre aconteça: é preciso ter uma dieta saudável e uma prática regular de exercícios para que os benefícios de emagrecimento sejam notados. 

Alivia a náusea

Sabe aquele enjoo ou náusea que vem após o consumo de uma refeição? O chá de gengibre pode aliviar essas condições de má digestão e aliviar até mesmo os gases. Em casos de quimioterapia ou gravidez é importante consultar o seu médico para saber se o consumo do chá é permitido. 

Previne úlceras e gastrites

O chá de gengibre ajuda a combater a bactéria H. pylori, que é uma das principais causas de doenças como gastrite e úlcera estomacal. Ela entra no organismo por meio da alimentação e permanece no estômago, provocando esses quadros. O chá diminui a aderência dessa bactéria, dificultando sua fixação e o ocasionamento de doenças. 

Previne alguns tipos de câncer

Como já é de se esperar, o câncer de estômago é um dos tipos da doença que o chá de gengibre ajuda a prevenir, já que atua nas alterações provocadas pelas úlceras no estômago. Ele também atua contra o câncer colorretal por meio de uma substância chamada 6-gingerol, que impede o desenvolvimento e a proliferação de células cancerígenas nessa região do intestino. 

Prevenção de doenças respiratórias 

Por conta de sua ação antioxidante, o chá de gengibre também atua na prevenção da gripe e de resfriados. Sua ação anti-inflamatória melhora os sintomas de tosse e dor muscular e doenças como asma e bronquite. 

Diminui a celulite

A celulite é uma condição bem comum na pele de homens e mulheres, conhecida por ser uma irregularidade que deixa a superfície do nosso corpo com algumas marcas nas regiões das coxas e nádegas. Nem sempre é fácil se livrar da celulite, mas alguns métodos podem ajudar: um deles é o chá de gengibre, que por conta de sua ação anti-inflamatória pode ajudar a combatê-las e deixar a pele mais lisa. 

Alivia a tosse

O gengibre possui propriedades expectorantes que podem auxiliar no tratamento e recuperação da tosse, sintoma geralmente associado à gripes e resfriados. Além de ser anti-inflamatório, o chá também ajuda a eliminar catarro ou secreções presentes na garganta, o que alivia a irritação e sintomas de doenças na região.

Atua como bactericida

O gingerol é uma substância presente no gengibre que atua não apenas como anti-inflamatório, mas também como antioxidante e bactericida. Aliás, é o gingerol que dá ao gengibre aquele sabor picante, tão característico desse alimento. Consumir o chá de gengibre, portanto, pode auxiliar a eliminar bactérias ruins do organismo. 

Age como diurético 

Se você busca benefícios para o funcionamento dos rins, o chá de gengibre também pode te ajudar. Ao consumi-lo, é mais fácil eliminar a urina e evitar a retenção de líquido — o que pode auxiliar também no emagrecimento. 

Chá de gengibre: receita

Pode parecer fácil preparar o chá de gengibre, mas é preciso se atentar a um fator importante para que as propriedades nutricionais se mantenham no alimento. A água não pode ser fervida junto com a raíz; o chá deve ser feito da seguinte forma: 

INGREDIENTES 

 

  • 2 a 3 centímetros de gengibre fresco
  • 1 litro de água

MODO DE PREPARO

  • Lave bem a raiz do gengibre e corte em pedaços pequenos. 
  • Leve a água em fogo alto até ferver.
  • Adicione o gengibre à água e tampe a panela. 
  • Aguarde de 5 a 10 minutos.
  • Coe a mistura e sirva. Se desejar, adoce com mel ou açúcar mascavo. 

Dicas para o preparo do chá de gengibre

  • Adicionar casca de frutas, como limão e laranja, ao chá de gengibre aumenta a quantidade de fibras na bebida. Isso auxilia na sensação de saciedade, controle da fome e diminui a ansiedade. 
  • Armazene o chá de gengibre para tomá-lo ao longo do dia. Você pode guardá-lo na geladeira e depois aquecê-lo para tomar quando desejar. 
  • O gengibre ralado é mais sensível à temperatura. Se puder, escolha usá-lo cortado em rodelas. 

Como consumir o chá de gengibre: contraindicações

Tudo em excesso faz mal ao organismo; e com o chá de gengibre não poderia ser diferente. Não é recomendada a ingestão de mais de 3 g por dia de gengibre, já que o consumo excessivo pode causar irritações estomacais. Divida essa quantidade recomendada em três ou quatro xícaras de chá ao longo do dia. 

Para quem possui problemas estomacais já diagnosticados, como gastrite e úlcera, é melhor não consumir o chá para que ele não aumente a irritação no estômago. Pessoas com hemofilia também devem evitar o alimento, já que ele estimula a circulação sanguínea. Se você possui alguma cardiopatia, hipertensão, hipotireoidismo ou diabetes também é preciso consultar um médico antes de fazer uso do chá de gengibre. 

O consumo do chá de gengibre em excesso pode aumentar o metabolismo, ainda mais se for combinado com alimentos ricos em cafeína. Essa relação pode causar vômitos, diarreia, enjoo e gastrite. 

Gostou de saber mais sobre o chá de gengibre? Estou aguardando o seu comentário sobre esse assunto! Quero saber se você já experimentou os benefícios dessa bebida e se pretende incluí-la no seu dia a dia. 

 

Vejo você no próximo post!